Auxílio Emergencial: Caixa começar a pagar 1ª parcela em atraso.


Segundo informações da Caixa Econômica, a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 será paga a partir de 19 de maio para quem ainda não recebeu a primeira parcela. De acordo com as mesmas regras de pagamento do segundo período, o pagamento começa em 13 de maio e termina em 29 de maio, ou seja, você nasceu primeiro em janeiro e, finalmente, em dezembro.

Desde a última sexta-feira(15) vários brasileiros tiveram a situação do benefício atualizada, se você fez a consulta no final da semana passada, vale a pena fazer uma nova consulta para verificar se o seu benefício foi atualizado e você está apto ou não para receber o benefício. Para isso basta acessar o aplicativo ou site da caixa, ou ainda entrar em contato pela central telefônica 111.


Se o seu pedido foi atualizado e você está apto você pode ficar despreocupado, logo à seguir informaremos o calendário completo para você receber. Vale lembrar que ainda existem 5,7 milhões de brasileiros que continuam na fila, com pedidos em análise.

Assim como a segunda parcela, agora a primeira parcela pagamento será paga de acordo com o mês de nascimento. A Caixa exige que os beneficiários cumpram o cronograma e não apareçam nas agências fora da data do cronograma. Se você aparecer na agencia antes da data, você não receberá o benefício.


Calendário de pagamento da 1ª parcela

Nascimento Dia que irá receber

Nascidos em Janeiro Recebem dia 19 de Maio

Nascidos em Fevereiro Recebem dia 20 de Maio

Nascidos em Março Recebem dia 21 de Maio

Nascidos em Abril Recebem dia 22 de Maio

Nascidos em Maio, Junho e Julho Recebem dia 23 de Maio

Nascidos em Agosto Recebem dia 25 de Maio

Nascidos em Setembro Recebem dia 26 de Maio

Nascidos em Outubro Recebem dia 27 de Maio

Nascidos em Novembro Recebem dia 28 de Maio

Nascidos em Dezembro Recebem dia 29 de Maio


Se a sua situação continua como “pedido em analise” não se desespere, apesar do atraso no pagamento, se você estiver apto para receber o benefício, você terá direito as três parcelas que vão de R$ 600 a R$ 1.200 assim como todos os outros beneficiários que já estão recebendo.


Fonte: Jornal Contábil


5 views

©2020 por Organize Contabilidade